Será que Você é Ansiosa?

Será que Você é Ansiosa? Por mais incrível que possa parecer muitas pessoas tem dúvida sobre isso. Mas, neste artigo quero conversar com você sobre esse tema que tem gerado muita preocupação em pessoas de todo o mundo.

A ansiedade afeta hoje 30% dos adultos, o que faz com que seja um dos distúrbios de saúde mental mais comuns.

No entanto, é muitas vezes esquecido e não tratado corretamente, devido ao medo e à falta de consciência a respeito de seus efeitos danosos.

Será que você é ansiosa?

O que é a ansiedade?

É normal sentir ansiedade quando você está de mudança de emprego ou de cidade, por exemplo.

Também, é normal ficar ansiosa se você vai fazer um exame da graduação ou quando vai prestar o Enem. Essas coisas fazem parte da vida e nos mantém alertas para os problemas e fazem com que a gente trabalhe com mais afinco para superar todas essas situações.

No entanto, em casos extremos, o sentimento de medo e excesso de preocupação se tornam constantes. Isso sim, é um distúrbio grave que a psicologia chama de ansiedade.

A ansiedade, se não tratada corretamente, pode te levar a não tomar um elevador ou mesmo sair de casa, por exemplo. E com o tempo os seus efeitos só pioram, se as causas não forem tratadas.

Principais sintomas da ansiedade

Você pode estar sofrendo de ansiedade se sentir os seguintes sintomas:

-Preocupação excessiva com assuntos cotidianos, como trabalho, saúde, relacionamentos, finanças;

-Fobias intensas ou medos desproporcionais;

-Ansiedade social (agorafobia) fazendo com que você evite a interação social porque se sente presa, desamparada ou envergonhada;

-Ataques de pânico que se intensificam rapidamente e são acompanhados por batimentos cardíacos, palpitações, sudorese, tremores, falta de ar;

-Dificuldade em controlar pensamentos tóxicos.

Se não for tratada, a ansiedade pode ter um impacto debilitante em sua vida. Você pode ser acometida de depressão, estresse, solidão, isolamento social, aprofundamento da baixa auto-estima e, até mesmo, pode sofrer doenças físicas.

Viva sem medo

Quais são os tipos de ansiedade?

A ansiedade é parte essencial de vários distúrbios diferentes. Sendo eles:

  • Transtorno do pânico: é quando a pessoa sofre ataques de pânico recorrentes em momentos inesperados. Uma pessoa com transtorno do pânico pode viver com medo do próximo ataque de pânico;
  • Fobia: medo excessivo de um objeto, situação ou atividade específica;
  • Ansiedade social: medo extremo de ser julgado por outras pessoas em situações sociais;
  • Transtorno obsessivo-compulsivo: pensamentos irracionais recorrentes que o levam a realizar comportamentos específicos e repetidos;
  • Ansiedade por separação: medo de ficar longe de casa ou de entes queridos;
  • Transtorno de ansiedade de doença: ansiedade sobre sua saúde (anteriormente denominada hipocôndria);
  • Transtorno de estresse pós-traumático (TEPT): ansiedade após um evento traumático.

O que é um ataque de ansiedade?

Um ataque de ansiedade é um sentimento de preocupação exacerbada. Para muitas pessoas, esse sentimento pode piorar quando algum evento importante se aproxima.

Ataques de ansiedade podem variar muito de pessoa para pessoa e, até mesmo, para a mesma pessoa. Eles não acontecem da mesma forma para os que sofrem e podem variar com o tempo.

Veja abaixo uma lista de sintomas de ataques do pânico:

  • sentir-se fraco ou tonto;
  • falta de ar;
  • boca seca;
  • sudorese;
  • calafrios ou ondas de calor;
  • apreensão e preocupação;
  • inquietação;
  • angústia;
  • medo;
  • dormência ou formigamento.

O que causa a ansiedade?

As causas da ansiedade ainda são desconhecidas. No entanto, uma combinação de fatores como a genética do indivíduo e fatores ambientais podem desempenhar um papel central nos distúrbio de ansiedade.

Alguns pesquisadores dizem, também, que determinada química cerebral pode influenciar em ataques de ansiedade.

Desordem de ansiedade pode ocorrer com outras condições de natureza mental, tais como abuso do álcool ou drogas e depressão. O que acontece é que muitas pessoas buscam nas drogas ou no álcool a solução para seus problemas de ansiedade. Porém, o que acontece é que os efeitos das drogas são momentâneos e os problemas são agravados com o uso dessas tentativas de fuga.

Retome o controle da sua vida

Como a ansiedade gera mais ansiedade, muitas vezes é impossível interromper o ciclo sem ajuda.

Não deixe a ansiedade afastá-la da vida que você merece. Existem formas de combater a ansiedade sem apelar para remédios que muitas vezes possuem efeitos colaterais perigosos.

Em um relacionamento abusivo com a ansiedade
Em um relacionamento abusivo com a ansiedade – E-Book

Existem terapias que potencializam a superação da ansiedade. Barras de Access é uma delas, conforme indica o artigo publicado pela Dra Terrie Hope no Journal of Energy Psichology. A Dra Hope é Phd em Medicina Natural e você pode ler o artigo aqui.

Os estudos da Dra Terrie Hope indicaram uma diminuição, em média, de 84,7% da gravidade dos sintomas de ansiedade. Em relação à depressão a diminuição média foi de 82,7%. Veja no vídeo abaixo o bate papo entre a Dra Terrie Hope e o co-fundador da Access Consciouness, Dr. Dain Heer.

Como pode ficar melhor que isso?

Conclusão

Neste artigo você viu que a ansiedade é um inimigo poderoso, mas que existem formas de controlar esse mal.

As Barras de Access podem ser uma arma eficiente para se combater a ansiedade e a depressão.

#Barras de Access em Cuiabá

Será que você é ansiosa? Você está tendo alguns dos sintomas citados neste post?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *